Nô e os livros.




Não é de estranhar se aplicarmos o velho ditado,que filho
de peixe sabe nadar,mas a pipoka delira com livros.
Sempre que chego ao colégio lá está ela sempre com um livro atrás,
em casa até na hora da refeição tem de ter um livro na mão.
Ontem á hora de deitar peguei num livro que tinha comprado antes
dela nascer com muitos contos e uns grafismos fantásticos,ficou tão
entusiasmada que o sono foi embora e chegou a tagarelice.
Pega no livro e finge que lê.acompanha com gestos e expessões faciais
de chorar a rir,depois empurra o para mim aponta para as letras e ajeita-se
no sentar , abre muito aqueles olhos grandes e pestanudos com um sorriso já
a espreitar...depois quando mostro os bonecos faz um ahhhhhh,seguido de uma
boa dose de bébélez e mãos no ar como as sevilhanas.
Há falta de livros á mão,todas as revistas que apanha (tipo a visão ou a national geografic)
fazem o mesmo efeito e espanto e encanto.O engraçado é que não rasga nem uma unica
página nem dos livros nem destas revistas,outras que apanhe ou qualquer papel,é certo
que viram tirinhas minusculas nos seus dedinhos abilidosos na arte do rasgar.
Um dia destes trago a para o escritório e em vez da máquina do papel uso-a a ela...lol

Sem comentários: